Economia

Entregadores de aplicativos planejam greve no dia 12

Crédito: Roberto Parizotti/Fotos Públicas

Greve dos entregadores de aplicativos na Avenida Paulista, em São Paulo (Crédito: Roberto Parizotti/Fotos Públicas)

Após uma série de atos que se espalhou por todo o País na última quarta-feira (1), os entregadores de aplicativo estão se programando para novas paralisações no dia 12 de julho.



Segundo a Folha de São Paulo, os entregadores realizaram uma enquete online para saber quantos deles era favorável ao novo “Breque dos Apps” e 26 mil entregadores responderam à pesquisa.

+ Entregadores de aplicativos protestam na Paulista e no Centro do Rio
+ Cresce organização de trabalhadores insatisfeitos com apps de delivery

A pauta segue a mesma da paralisação de quarta-feira, com a categoria reivindicando a tabela mínima de frete unificada entre os aplicativos de delivery, auxílio com equipamentos de segurança individual durante a pandemia, reajuste da taxa recebida por quilômetro rodado e o fim do sistema de pontuação das entregas.

O último ato aconteceu simultaneamente no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador e Recife, além de São Paulo.




Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?