Economia

Energisa: São João Energética é condenada a pagar R$ 110,2 mi em disputa arbitral

A holding de energia Energisa informou nesta segunda-feira, 3 que a São João Energética foi condenada a pagar à empresa o valor histórico de

R$ 110,2 milhões. O montante deve ser corrigido pelo IPCA e acrescido de juros de 1% ao mês, a contar de 22 de outubro de 2016. A São João também terá que ressarcir os custos e despesas incorridas que a holding teve com a arbitragem.

Segundo a Energisa, a sentença em arbitragem sigilosa ainda está sujeita a eventual pedido de esclarecimentos a ser apresentado pelas partes.

A São João é uma sociedade anônima de capital fechado pertencente ao Grupo Brookfield, que atua em gerenciamento de ativos e investimentos. Em 2014, a São João comprou diversas empresas da Energisa, em um negócio avaliado em R$ 1,4 bilhão.



Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago