Energia solar mais barata

Energia solar mais barata

Fundada em 2010, em São José do Rio Preto, no interior paulista, a Ecori Energia Solar tem como meta desmistificar a ideia de que energia solar é um sistema caro e feito para o benefício de poucos. Os sócios Leandro Martins, Tiago Martins e Marcelo von Gal estudaram o mercado nacional e internacional em busca de uma solução acessível e eficiente capaz de tornar a energia solar possível para um maior número de pessoas. Depois trouxeram ao Brasil uma tecnologia conhecida pela sigla MLPE, que em português significa “eletrônica de potência em nível de módulo”. Segundo Leandro Martins, o sistema trazido por eles apresenta algumas vantagens sobre os tradicionais, como possibilidade de monitorar individualmente as placas fotovoltaicas, flexibilidade de instalação, tempo maior de garantia, possibilidade de instalar mais placas posteriormente, o que não é possível na maioria dos atuais sistemas conectados em série. “Hoje esse é um mercado real, mas ainda com muito para conquistar. Com a economia aquecendo novamente e mudanças de comportamento e de consciência da população sobre recursos naturais, vamos expandir ainda mais nossas operações”, diz Leandro. Segundo dados divulgados no começo de fevereiro pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a instalação de sistemas de geração de energia solar no País triplicou no ano passado – de 35 mil instalações, em 2018, para 113 mil, em 2019. No entanto, a participação da energia solar na matriz energética brasileira ainda é pequena. Dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) apontam que o sistema de geração centralizada, a partir de grandes usinas, junto ao de micro e minigeração distribuída, implantadas em residências ou empresas, representam apenas 3% da matriz energética.

(Nota publicada na edição 1161 da Revista Dinheiro)

Veja também

+ Eclipse solar total: saiba onde e quando poderá ser visto o fenômeno
+ Passo a passo: saiba como cadastrar e usar a CNH digital
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?


Mais posts

Escassez de água ameaça o futuro da humanidade

Consumidores de recursos hídricos das principais bacias hidrográficas do País, como as dos rios Doce, São Francisco e Mucuri, têm até o [...]

Noronha: biodiversidade em risco

O governo federal liberou a pesca da sardinha dentro do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha. Além de abrir um perigoso [...]

A responsabilidade de cada um

Elas trouxeram praticidade e uma nova maneira de beber uma boa xícara de café, mas as cápsulas com o pó da bebida tornaram-se um [...]

Edital para projetos de energia

Está aberto o processo que selecionará oito startups brasileiras com propostas inovadoras criadas para acelerar a transição energética no Brasil. Nesta edição, a iniciativa da Engie, empresa de energia, em parceria com o Senai, criou um fundo de R$ 2 milhões que será desmembrado em apoios de R$ 250 mil a R$ 400 mil para […]

Amazônia mais limpa

Mais de duas toneladas de resíduos sólidos, dos quais 900 quilos somente no ano passado, deixaram de ser descartados na Floresta [...]
Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.