Geral

Enel voltará a enviar aviso de corte de luz para inadimplentes em SP

Crédito: Arquivo / IstoÉ Dinheiro

A empresa distribui energia elétrica em 24 municípios da região metropolitana São Paulo, incluindo a capital (Crédito: Arquivo / IstoÉ Dinheiro)

Encerrou ontem (15) o prazo estabelecido pela Enel Distribuição São Paulo de suspensão no envio de avisos de corte do fornecimento de energia por inadimplência. A empresa, que distribui energia elétrica em 24 municípios da Região Metropolitana de São Paulo, incluindo a capital, havia fechado um acordo com a Fundação Procon-SP por conta da pandemia da covid-19.

Agora, a Enel vai retomar o envio dos avisos de inadimplência para aqueles que tiverem débitos pendentes. O comunicado será impresso na conta de energia elétrica. O consumidor terá até 15 dias para renegociar as dívidas, antes que a companhia realize o corte. 

+ Enel faz mutirão de parcelamento de débitos em São Paulo
+ SP: Enel prorroga suspensão do corte de energia por inadimplência

O primeiro acordo, firmado no início de agosto, previa a suspensão das notificações de corte até 31 de agosto. Na data, as empresas anunciaram a expansão do prazo até o dia 15 de setembro. O objetivo da parceria era dar mais tempo para que os clientes pudessem negociar com a distribuidora o parcelamento das contas em aberto.

Outro problema que o acordo visava resolver era as quase 55 mil reclamações registradas, até agosto, para esclarecer o aumento exagerado nas contas e acabar com as filas de consumidores nos postos de atendimento da distribuidora de energia.

 

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?