Giro

Empresas de tecnologia estão com dificuldade para preencher vagas

Crédito: Divulgação

Entre os pontos que os profissionais de tecnologia consideram relevante na hora de assinar um contrato de trabalho está o horário flexível (Crédito: Divulgação)

Com muitas pessoas fora do mercado de trabalho devido aos efeitos devastadores da pandemia da covid-19, alguns setores, por outro lado, estão com dificuldade para conseguir preencher os postos abertos. Segundo pesquisa do site de empregos Indeed, muitas empresas do setor de Tecnologia ficaram com vagas abertas por mais de 60 dias, por não encontrar quem pudesse ocupá-las.

A pesquisa da Indeed levou em conta o período entre julho e outubro, e entre os 10 cargos mais difíceis de preencher uma vaga o posto de engenheiro de software foi o primeiro da lista, com 39% das ofertas abertas por mais de 60 dias.

+ Fim da desoneração da folha vai atrofiar todo o setor de Tecnologia
+ Demitidos durante a pandemia podem ter parcelas extras do seguro-desemprego
+ Estoque de empregos cresceu 1,9% em 2019 para o maior nível em quatro anos

Em seguida, o desenvolvedor Java ficou com 38% das vagas abertas por mais de dois meses, seguido por desenvolvedor Android (38%), desenvolvedor back end (37%), desenvolvedor iOS (36%), consultor sap (35%), webmaster (34%), desenvolvedor c# (33%), desenvolvedor full stack (32%) e desenvolvedor php (29%).

A pesquisa ainda ouviu o que os profissionais esperam do mercado de trabalho. Foram entrevistados 215 trabalhadores entre agosto e setembro e 35% deles indicaram que ter horários flexíveis era um ponto importante na hora de permanecer ou entrar em um cargo. Outros 27% priorizam a oportunidade de fazer home office, segundo o G1.

Já dos que aceitariam receber um salário igual ou menor, 51% afirmaram que a possibilidade de subir na carreira no futuro seria determinante na hora de fechar contrato com uma empresa, além de benefícios (50%), horários flexíveis (42%) e equilíbrio entre vida pessoal e profissional (38%).

+ Jaguar Land Rover: a luta contra a falta de confiança dos consumidores

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel