Ciência

Empresas de tecnologia e saúde se unem para criar certificados digitais de vacinação

Empresas de tecnologia e saúde se unem para criar certificados digitais de vacinação

Coalizão de empresas de tecnologia e de organizações de saúde anunciaram os planos para criar um certificado digital de vacinas - AFP/Arquivos

Uma coalizão de empresas de tecnologia e organizações de saúde anunciou nesta quinta-feira (14) planos para criar um certificado digital de vacinação, que poderia ser utilizado em smartphones para atestar a inoculação contra a covid-19.

A Iniciativa de Credenciais de Vacinação (VCI) inclui a Mayo Clinic, a Microsoft, a Oracle e a Salesforce.

Essas companhias anunciaram que estão trabalhando em uma forma de obter credenciais digitais amplamente reconhecidas – o que alguns chamam de “passaportes” de vacinação – para ajudar as pessoas a retornarem ao trabalho, escolas, eventos públicos ou retomar viagens.

O novo grupo disse que pretende desenvolver padrões para cópias digitais criptografadas de credenciais de imunização, que possam ser armazenadas em uma carteira digital.



O objetivo é “fornecer às pessoas acesso digital aos seus registros de vacinação”, afirmou Paul Meyer, da The Commons Project Foundation, uma organização sem fins lucrativos que trabalha na iniciativa.

“Padrões abertos e interoperabilidade estão no centro dos esforços da VCI e esperamos apoiar a Organização Mundial da Saúde e outros agentes globais implementando e ampliando padrões globais abertos para a interoperabilidade de dados de saúde.”

A proposta surge em meio à realização de campanhas de vacinação pelo mundo, que devem continuar ao longo do ano.

Outra iniciativa do gênero, o rastreamento de contatos por meio de smartphones, teve uma recepção morna, levantando preocupações sobre o possível uso dos dispositivos para vigilância governamental.

Ken Mayer, da organização de saúde e tecnologia Safe Health, disse que o plano é criar uma “solução de verificação do estado de saúde que preserva a privacidade” para permitir que as atividades públicas sejam retomadas.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel