Geral

Empresas ajudam a desaparecer no Japão para fugir de relacionamentos ou pressão social

Crédito: Pexels

As empresas chamam essas operações de “mudança noturna” e cuidam de novos documentos e hospedagem dos clientes em outros lugares (Crédito: Pexels)

No Japão é mais difícil se divorciar do cônjuge do que “desaparecer” e se tornar um “jouhatsu”, nome dado às pessoas que escolhem abandonar suas vidas. O movimento é comum em países grandes como Estados Unidos, Alemanha e Reino Unido, mas se tornaram especiais justamente no Japão, onde a privacidade é tida como um direito fundamental a ser exercido.

Esse processo é o mesmo visto na série “Breaking Bad”, quando o inescrupuloso advogado Saul Goodman ativa um de seus contatos para ajudar no desaparecimento do barão da metanfetamina, Walter White, e seu parceiro no mundo das drogas, Jesse Pinkman. White chega a desaparecer por quase 1 ano, antes de retornar a Albuquerque e resolver questões do seu passado, enquanto Goodman foge para o Nebraska.

+ ‘Balada roubada’: adolescentes em casa enfrentam ansiedade e depressão
+ ‘Setembro Amarelo’: Metrô de SP terá ‘vagão do acolhimento’ dedicado à depressão

Segundo a BBC, empresas são especializadas no processo de sumiço das pessoas e os motivos são variados, indo desde problemas conjugais até financeiros, ou a pressão social. Os jouhatsu abandonam tudo o que caracterizou sua vida até aquele momento e adotam um novo perfil, um novo lugar e desparecem do convívio familiar e dos amigos.

As empresas chamam essas operações de “mudança noturna” e cuidam de novos documentos e hospedagem dos clientes em outros lugares. A legislação japonesa também ajuda, de certa forma, a manter o anonimato de quem abandonou sua vida, já que não fornece imagens de locais onde as pessoas possam ter passado, nem quebra o sigilo bancário para investigar o rastro do dinheiro que pode levar ao sumido.

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?