Geral

Empresário morre sem deixar testamento de herança de R$ 4,3 bilhões

Crédito: Divulgação/Zappos

O pai e o irmão do empresário pediram à Justiça que os nomeie administradores especiais do espólio de Tony e dê acesso às contas e ao cofre do executivo (Crédito: Divulgação/Zappos)

O ex-CEO da Zappos, Tony Hsieh, que morreu no último sábado (28) deixou um patrimônio de US$ 840 milhões (algo perto de R$ 4,3 bilhões, no câmbio desta quinta-feira). Porém, o empresário não deixou um testamento definindo para quem vai a herança.

Hsieh tinha 46 anos e morreu no sábado devido à queimaduras e inalação de fumaça após um incêndio ter atingido a casa de sua família nove dias antes.

+ Desembargadores mandam penhorar herança que Maluf recebeu da mãe
+ Morre Tony Hsieh, criador e ex-CEO da varejista Zappos

De acordo com o TMZ, o pai e o irmão do empresário pediram à Justiça que os nomeie administradores especiais do espólio de Tony.  A família que ter acesso às contas e ao cofre do executivo para ver se há algum documento de planejamento neles.

A família também diz que um administrador especial é necessário para cuidar das “obrigações e compromissos comerciais de Tony que exigem financiamento de ativos que estão atualmente congelados”.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel