Negócios

Empresa de energia busca startups para parceria em projetos digitais

Crédito: Divulgação - Engie

A Engie pretende se conectar com startups que tenham soluções ou potencial de desenvolvimento de soluções que contribuam com o seu negócio (Crédito: Divulgação - Engie)

Startups de todo o Brasil poderão participar, na semana que vem, de um bate-papo sobre negócios com grandes empresas. Para esta edição do LinkLab Open Day[s], a ENGIE Brasil Energia anuncia o lançamento de três desafios para as startups. O objetivo é buscar empresas inovadoras que possam ajudar a companhia no desenvolvimento de projetos digitais voltados às áreas de sustentabilidade, compras e contratações e gestão de almoxarifados.

O evento 100% online e gratuito será realizado nos dias 3, 4 e 5 de novembro. As inscrições estão abertas para startups e podem ser feitas por meio do site. “A ENGIE pretende se conectar com startups que tenham soluções ou potencial de desenvolvimento de soluções que contribuam com o nosso negócio, trazendo eficiência, introduzindo novas tecnologia ou melhorando os processos da empresa”, destaca o diretor de novos negócios, estratégia e inovação, Guilherme Ferrari, em nota.

Liquidez e digitalização ajudaram setor de startups
Mercado de startups do Brasil caminha para ter melhor ano da história em 2020

Os projetos de inovação aberta com startups são vistos pela empresa como grandes oportunidades para testar novas soluções de maneira rápida, flexível e com baixo custo. “Começamos testando em escala piloto e, se a solução for bem sucedida, existe a possibilidade de escalar a implementação na companhia. Para a startup, isso gera negócio com um grande cliente, e para a companhia, as conexões com as startups geram valor real”, avalia Ferrari.

Entre os projetos que já foram selecionados pelo LinkLab Open Day está o HidrOS, sistema desenvolvido pela empresa em parceria com a startup Kartado e que atua na automatização de processos na gestão de equipes e serviços em reservatórios de hidrelétricas. No último desafio lançado pela ENGIE, em julho de 2020, foram selecionadas três startups que estão em negociação com a empresa para o desenvolvimento de soluções inovadoras na área de inteligência de mercado.

A empresa destaca que, por meio de parceria com as startups, pretende buscar inovação em três áreas de atuação: sustentabilidade, compras e contratações e gestão de almoxarifado – esta última inicialmente direcionada às usinas hidrelétricas localizadas no Rio Iguaçu: a Usina Hidrelétrica Salto Osório, no município de São Jorge d’Oeste (PR), e a Usina Hidrelétrica Salto Santiago, em Saudade do Iguaçu (PR).

O primeiro desafio é voltado para a “Automatização do inventário das emissões de gases de efeito estufa à atmosfera”. O segundo, da área de compras e contratações, busca soluções para a “Inteligência para tomada de decisão na contratação de serviços e compra de materiais”. Já o terceiro, que procura projetos de inovação para as usinas hidrelétricas localizadas no Rio Iguaçu, é chamado de “Controle de Notas Fiscais emitidas e recebidas”.

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?