Emissões de gases de efeito estufa são 11,4 vezes maiores na cadeia de valor; entenda

Crédito: Caio Guatelli/Estadão Conteúdo

Planos relacionados às mudanças climáticas só foram colocado em prática por menos de 5% de uma amostra de 11 mil empresas no mundo (Crédito: Caio Guatelli/Estadão Conteúdo)



Entre tantos obstáculos das empresas rumo a um modelo de produção de baixo carbono, um mostra-se especialmente desafiador: promover a descarbonização em toda a cadeia de suprimentos. O recém-publicado estudo, realizado pelo Carbon Disclosure Project (CDP) e pelo Boston Consulting Group (BCG),  Engaging the chain: driving speed and scale (sem versão em português), dá dimensão do problema. Segundo os dados  emissões de gases de efeito estufa (GEE) na cadeia de valor de uma empresa são, em média, 11,4 vezes maiores do que as suas próprias emissões.

A despeito do grande impacto que possuem no controle da temperatura global, menos de 5% da cadeia, de uma amostra de 11 mil empresas consultadas, afirmaram já ter colocado em prática planos relacionados às mudanças climáticas. O que as grandes corporações têm a ver com isso? Talvez não tenham relação com o problema em si, mas com certeza fazem parte da solução. E serão cobrados por isso.

China lança campanha para preencher lacuna no monitoramento de gases de efeito estufa

Explicando: pelos padrões globais estabelecidos pelo GHG Protocol, as corporações têm o dever de atuar em três frentes na agenda da descarbonização. No Escopo 1 precisam assegurar a redução das emissões decorrentes das próprias atividades operacionais. No Escopo 2, naquelas decorrentes de uso de energia usadas durante sua atividade produtiva. Por fim, o Escopo 3 diz respeito às emissões contabilizadas pela cadeia de valor. Por hora, o mercado financeiro tem cobrado com mais empenho os dois primeiros escopos, mas chegará a hora de olhar para a cadeia e quem não estiver preparado poderá ser penalizado.




Diversos desafios nesta jornada preocupam os líderes de grandes corporações. Controlar a cadeia em si é um deles. Muitas vezes a lista de fornecedores é tão extensa que mapear as boas práticas para recompensá-las e as más para corrigi-las é tarefa hercúlea. O outro é o esforço financeiro que será necessário para colocar todos em conformidade e o terceiro é achar pessoas qualificadas para cuidar da agenda de forma apropriada in company e também no supply chain.

Seja por amor ou pela dor, algumas empresas já começam a dar pistas de como fazer por meio de tecnologias como a da rastreabilidade de produtos — muito usada pela agropecuária, por exemplo. Já outras não sabem nem por onde começar. Para auxiliar as segundas, o CDP e o BCG acabam de lançar uma plataforma on-line na qual as organizações podem compartilhar seus dados primários de sustentabilidade de forma segura e, por meio da Inteligência Artificial, a ferramenta ajuda as organizações a calcularem as emissões do Escopo 3. Aberta e gratuita, a iniciativa traz em si três pilares essenciais para que a economia net-zero seja viabilizada: dados, transparência e trabalho em conjunto.

 







Tópicos

açaí agro emissões carbono agro poluição Amazônia desmatamento Amazônia eleições Amazônia expectativas 2022 Amazônia propostas eleições 2022 amazônia queimadas aquecimento global oceanos aquecimento global poluição baixo carbono BCG bici letas pesquisa bicicletas pandemia biocombustíveis agronegócio biocombustíveis brasil biocombustíveis carro biocombustíveis cereal biocombustíveis cop26 biocombustíveis efeito estufa biocombustíveis eficiência biocombustíveis empresas produtoras biocombustíveis feitos de quê biocombustíveis fontes biocombustíveis onde usar biocombustíveis planta biocombustíveis política nacional biocombustíveis poluição biocombustíveis postos biocombustíveis produção brasil biocombustíveis quem usa biocombustíveis rendimento Bolsonaro política ambiental carbnoo futuro CDP ciclo de vida sustentabilidade CO2 sustentabilidade Como está a situação da Amazônia hoje? como o clima do mundo muda Cop 26 desmatamento ilegal Dia Mundial Sem Carro efeito estufa eleições 2022 Lula Bolsonaro embaixada do reino Unidos nega Bolsonaro emissões de carbono emissões de carbono agropecuária emissões de carbono brasil emissões ração gado Engaging the chain: driving speed and scale Escócia ESG G20 GEE GHG Protocol Glasgow Hamilton Mourão instagram Facebook derrubam live Bolsonaro ITAMARATY Jair Bolsonaro Joaquim Leite live Bolsonaro 2021 meio ambiente Salles Mercado financeiro Mercosul Ministério das Relações Internacionais Ministério do Meio Ambiente mobilidade urbana 2021 mudança climática 2021 mudança climática oceanos mudança climática projeção O que é a Amazônia? o que é IPCC O que tá acontecendo na Amazônia 2021? Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas Pará Pará Natura Para The Nature Conservancy pegada de carbono Pesquisa do Bid petrobras reduz preço dos combustíveis poluição baterias poluição carros elétricos poluição clima poluição indústria automotiva quais os principais fatores para a mudança climática qual a cidade mais poluída do mundo Qual o bioma da Amazônia? quanto ingerimos de carbono por dia suply chain transporte alternativo 2021 uso de bicicletas

Sobre o autor


Mais colunas e blogs


Mais posts

Ver mais

Copyright ©2022 - Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.