Negócios

Embraer torna-se majoritária na empresa de cibersegurança Tempest

Crédito: Agência Brasil

Embraer: segundo a empresa, a Tempest, fundada em 2000 no Recife, é a maior empresa especializada em cibersegurança do Brasil (Crédito: Agência Brasil)

A Embraer anuncia investimento na Tempest Security Intelligence, tornando-se acionista majoritária. A fabricante de aeronaves brasileira já tinha participação indireta na empresa desde 2016 por meio do Fundo de Investimento em Participações (FIP) Aeroespacial, ao lado de BNDES, FINEP e Agência de Desenvolvimento Paulista (Desenvolve SP). O valor do aporte não foi revelado.



Projeto que prevê compra da Embraer viola Constituição, diz Salim Mattar

Em comunicado, a Embraer diz que a Tempest, fundada em 2000 no Recife, é a maior empresa especializada em cibersegurança do Brasil, com 300 funcionários e escritórios também em São Paulo e Londres, com cerca de 300 clientes no Brasil, na América Latina e na Europa.

“Esta parceria é um marco para a Tempest, e estamos muito entusiasmados com os próximos passos. A robustez da Embraer vai nos ajudar a expandir essa missão para novos mercados”, afirmou por meio de nota Cristiano Lincoln Mattos, CEO e sócio-fundador da Tempest, citando que o Brasil é o segundo do mundo com maior índice de cibercrimes, perdendo apenas para a Rússia, de modo que as empresas brasileiras perdem até US$ 10 bilhões por ano em crimes virtuais. A empresa seguirá de forma autônoma, mantendo marca e time.

+ Especialista revela o segredo dos bilionários da bolsa. Inscreva-se agora e aprenda!





Tópicos

Embraer tempest