Negócios

Embraer: dois vice-presidentes renunciam e empresa reestrutura diretoria

Crédito: Agência Brasil/Arquivo

Embraer garante que seus aviões são seguros e chance de contaminação é praticamente inexistente (Crédito: Agência Brasil/Arquivo)

A Embraer informou na noite desta quarta-feira (8) que aceitou a renúncia de dois vice-presidentes da companhia, Nelson Krahenbuhl Salgado e Daniel Moczydlower. A decisão foi tomada durante reunião extraordinária do conselho de administração, no último dia 29.

Embraer quer implementar PDV para funcionários em licença remunerada

Embraer torna-se majoritária na empresa de cibersegurança Tempest

Salgado era vice-presidente executivo de operações e estava há 30 anos na Embraer. Moczydlower ocupava a vice-presidência executiva de engenharia e tecnologia, e acumulava sete anos de empresa. Com a saída dos dois, a diretoria passou a ter quatro integrantes: Francisco Gomes Neto, diretor presidente; Antonio Carlos Garcia, vice-presidente executivo financeiro e de relações com investidores; Fabiana Klajner Leschziner, vice-presidente executiva jurídica e chief compliance officer; e Jackson Medeiros de Farias Schneider, vice-presidente executivo de negócio de defesa e segurança.



A atual composição começou a valer em 1º de julho e deve seguir até a primeira reunião do conselho de administração após a Assembleia Geral Ordinária que aprovar as demonstrações financeiras de 2020.

 

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel