Negócios

Em um dos IPOs de maior demanda entre investidores, Ambipar estreia na B3

Crédito: Divulgação/Ambipar

Abipar: com R$ 1,08 bilhão indo ao caixa da empresa, a Ambipar prepara agora uma nova onda de crescimento, mirando aquisições (Crédito: Divulgação/Ambipar)

Ancorada no crescente interesse dos investidores em questões relacionadas à sustentabilidade, a Ambipar estreou nesta segunda-feira, 13, na B3, após registrar uma das ofertas iniciais de ações (IPO, na sigla em inglês) com maior demanda da história recente do País. Os pedidos dos investidores pelas ações superaram em mais de dez vezes as ações que foram ofertadas. Com R$ 1,08 bilhão indo ao caixa da empresa, a Ambipar prepara agora uma nova onda de crescimento, mirando aquisições.

Além da gestão ambiental e de respostas a emergências, a Ambipar ao longo desses últimos meses trabalhou no combate ao novo coronavírus, tese que foi muito bem-recebida pelos investidores.

Caixa Seguridade, Cury e Ambipar protocolam ofertas de ações na CVM

Questão relacionadas à pauta ‘ESG’ – ambiental, social e de governança, pelas siglas em inglês – é um avanço importante no mercado – e um caminho sem volta, comentou o presidente da B3, Gilson Finkelsztain, em cerimônia de comemoração de chegada da companhia à Bolsa. O executivo citou que o momento de estreia da Ambipar não poderia ser mais adequado, dado todo o pano de fundo de cobrança da sociedade por mais sustentabilidade das companhias – incluindo dos grandes investidores. “Além disso é importante termos empresas de diferentes setores, é uma diversificação importante, torna a Bolsa mais representativa e traz mais amadurecimento ao mercado”, disse.

Em mais de três meses de quarentena mandatória para conter a disseminação do novo coronavírus impedindo a realização de eventos, esse é o terceiro IPO na B3 com cerimônia virtual – antes estrearam assim Estapar e Aura Minerals. A comemoração de vinte minutos hoje substituiu o salão da B3 decorado com o tema da empresa e que muitas vezes ficava lotado. O IPO em tempos de pandemia é feito em reuniões virtuais e comemorado também por videoconferência.

A presidente da Ambipar, Cristina Andriotti, afirma que a empresa, agora de capital aberto, continuará com seu trabalho de forma transparente e sustentável, “garantindo a perenidade da empresa e um futuro melhor para as futuras gerações”. “Listados no Novo Mercado temos o compromisso de entregar valor para investidores e acionistas”, disse Andriotti.

Com o nome pouco conhecido entre investidores antes de partir para o roadshow, a Ambipar atuou na gestão da tragédia de Brumadinho (MG), com o rompimento da barragem da Vale, em janeiro de 2019. Na pandemia, a Ambipar passou a vender e alugar o “túnel de descontaminação”, que funciona por meio de uma centrifugação à base de ozônio.

Foram coordenadores da oferta Bradesco BBI, BTG Pactual e Bank os America Merril Lynch.

Veja também

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?