Giro

Em São Paulo, estação de metrô abriga pessoas em situação de rua



A Estação Pedro II do Metrô de São Paulo, na região central da capital paulista, está aberta para abrigar pessoas em situação de rua durante a noite até a próxima sexta-feira (20). O serviço de acolhimento tem capacidade para atender até 100 pessoas, entre as 19h e 8h. É oferecido ainda jantar, por uma unidade móvel do Bom Prato, e café da manhã, na unidade do serviço na Rua 25 de Março.

Durante a madrugada de hoje (18), a sensação térmica chegou a -4º graus Celsius, na região do Aeroporto de Congonhas, zona sul da capital paulista, apesar dos termômetros marcarem 7º C, segundo a medição do Centro de Gerenciamento de Emergências. De acordo com o órgão municipal, 7º foi a média na cidade até o início da manhã, com previsão de máxima de 14º ao longo do dia. Amanhã (19), o frio deve continuar, com as temperaturas variando entre mínima de 7ºC e máxima de 16ºC.

As ações da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social de São Paulo preveem ainda a distribuição de 900 cobertores e 2 mil sacos de dormir que serão distribuídos pela prefeitura da capital paulista em dez tendas espalhadas pela cidade.

A Defesa Civil estadual fará a distribuição de 500 colchões, 354 cestas básicas, mil litros de água sanitária e 200 kits de higiene pessoal.