Economia

Em ranking mundial de PIB, Brasil fica na 40ª posição entre 42 países, diz Austin

Em ranking mundial de PIB, Brasil fica na 40ª posição entre 42 países, diz Austin

O Brasil ficou na 40ª posição em um ranking de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 42 países, informou a consultoria Austin Rating. O crescimento de apenas 0,1% no último trimestre e de 1,1% no consolidado de 2018 colocou o país abaixo da média global de 3,7% e dos países pesquisados, que foi 3,2%.

A distância para os países emergentes do chamado grupo dos Brics que, além do Brasil, reúne China, Rússia, Índia, África do Sul foi ainda maior. A média de crescimento no grupo foi de 5,1%. A Índia lidera o ranking da Austin com alta estimada de 7,5% no ano, seguida pela China, cujos dados, já divulgados, mostram alta de 6,6% em 2018.

A exemplo do que aconteceu com o Brasil, no último trimestre de 2018, o ritmo de crescimento nos países pesquisados diminuiu. Na comparação com o terceiro trimestre, a média de crescimento do grupo de 42 ficou em 2,7%. Já em relação ao mesmo período do ano anterior, foi de 2,9%. O efeito também foi verificado entre os BRICS, cujo PIB médio avançou 3,3% em relação ao trimestre anterior.

Pelas contas da Austin Rating, o PIB dos 42 países deve avançar 3,1% em 2019. No período entre 2019 e 2022, o crescimento médio anual tende a ser de 3%. Por tal projeção, o Brasil continuará a caminhar mais lentamente que o restante do mundo, com alta do PIB de 2,48% esse ano e de 3% ao ano até 2022.

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança