Mercado Digital

Em pacote de novidades, Uber anuncia linha de microcrédito para instalar kits GNV em carros do aplicativo

A Uber anunciou o investimento de R$ 250 milhões para as pesquisas no setor de segurança, em plano de "no mínimo" 5 anos.

Em pacote de novidades, Uber anuncia linha de microcrédito para instalar kits GNV em carros do aplicativo

Em evento realizado em São Paulo, a Uber anunciou diversas novidades do aplicativo para o país, que hoje já representa o segundo maior mercado do mundo para o aplicativos de viagens compartilhadas. Segundo o vice-presidente mundial da Uber, Munik Gupta, o Brasil tem de 22 milhões de usuários mensais e é considerado um mercado vital para a empresa.

Por conta dos números superlativos, a empresa anunciou nesta semana um pacote de novidades para o Brasil. O primeiro foi o Uber Cash, sistema de pagamento interno do aplicativo que dará descontos a quem utilizá-lo. Já a outra novidade na questão de usabilidade ficou por conta do Uber Lite, versão leve do aplicativo tradicional focado em smartphones intermediários, a grande maioria dos celulares usados no Brasil. Criado na Índia, o Uber Lite pesará apenas 5 mega, ou 3 selfies, segundo cálculo da empresa. Ele também foi pensado para locais com sinal de celular intermitente, outro problema comum no Brasil.

Outra novidade da Uber para o Brasil é o novo sistema do Uber Pool, que agora irá sugerir pequenas locomoções para passageiros a fim de maximizar e agilizar as viagens tanto para motoristas quando para usuários, evitando grandes voltas, problema constante do serviço. O novo Pool começará a funcionar na metade de outubro, e será 30% mais barato que o Uber X

Centro de pesquisa de segurança da Uber

A Uber tem ao redor do planeta diversos centros de desenvolvimento, cada um focado em uma área específica. Pittsburgh, nos Estados Unidos é especializado no estudo de veículos autônomos. Já o centro de pesquisas de Paris, na França, se debruça na questões de carros voadores.

No Brasil, o 14º centro de pesquisas da empresa, será focado em segurança. “O brasileiro, mais do que moradores de outros países pensa muito em segurança antes de sair de casa”, declarou a DINHEIRO o gerente de comunicação de assuntos da segurança da Uber, Marcio De Meo. A empresa anunciou o investimento de R$ 250 milhões para as pesquisas, em plano de “no mínimo” 5 anos.

Ainda segundo Marcio, o objetivo do projeto é captar talentos locais para o desenvolvimento de soluções que serão exportadas para o Uber no resto. A sede do centro de pesquisas ficará na nova sede da empresa, nos arredores da Avenida Juscelino Kubitschek em São Paulo.

Aporte para GNV

A Uber também anunciou parceria com a fintech Zen Finance para a criação de linhas de microcrédito para financiar a instalação de kits de gás natural nos carras de motoristas do aplicativo. Assim, quem se interessar pelo combustível de baixo custo, poderá financiar sua instalação sem burocracias e com parcelas de até R$ 100, descontados diretamente do pagamento semanal. O projeto deve ser iniciado como piloto na Região Sul do Brasil, a partir de outubro.