Política

Em menos de um mês, governo troca de novo auditor-geral e dirigentes do INSS

O Ministério do Desenvolvimento Social trocou de novo os dirigentes de três departamentos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Os titulares exonerados nesta quinta-feira, 10, não ficaram nem um mês nos cargos. Eles haviam sido nomeados no último dia 13 de julho.

Os servidores destituídos foram: Guilherme Peixoto Almeida de Oliveira, do cargo de auditor-geral; Ricardo Augusto Panquestor Nogueira, do cargo de procurador-chefe da Procuradoria Federal Especializada junto ao INSS; e William Giuliano dos Prazeres, do cargo de diretor de Atendimento.

Além dos três, também foi exonerado hoje Thiago Andrigo Vesely, do cargo de diretor de Gestão de Pessoas. As informações constam de portarias divulgadas na edição desta quinta-feira, 10, do Diário Oficial da União (DOU).

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

INSS nomeações