Tecnologia

Em meio polêmicas, Facebook tem aumento no engajamento de usuários

Entre janeiro e julho deste ano, a interação dos usuários com conteúdos postados nas redes, aumentou em todo o mundo, segundo pesquisa feita pela própria rede social

Em meio polêmicas, Facebook tem aumento no engajamento de usuários

O crescimento no engajamento dos usuários é um bom sinal para a rede social, que deve divulgar o balanço de operações do segundo trimestre nesta quarta-feira (24)

Os recorrentes escândalos de vazamento de dados e a polêmica em trono da criação da criptomoeda Libra não afastaram os usuários do Facebook. Entre janeiro e julho deste ano, o índice de engajamento, como é classificado a interação dos usuários com conteúdos postados nas redes, aumentou em todo o mundo, segundo pesquisa feita pela própria rede social.

Em escala global, os números médios de comentários subiram de quatro para cinco, enquanto as curtidas elevaram de nove para 13 e o clique em anúncios cresceu de oito para 11 durante o primeiro semestre deste ano. Especificamente nos Estados Unidos, onde a rede passa por uma série de pressões desde que divulgou os planos para a Libra, o aumento também é proporcional. Os comentários aumentaram de seis para oito, curtidas de nove para 13 e interação com anúncios de 13 para 17.

O crescimento no engajamento dos usuários é um bom sinal para a rede social, que deve divulgar o balanço de operações do segundo trimestre nesta quarta-feira (24). Em entrevista à CNBC, Daniel Newman, analista da Futurum Research, diz que os resultados “significam que os usuários estão vendo cada vez mais conteúdo relevante”, e que isso impacta no maior engajamento da rede social.

A empresa afirma que mantém 2,7 bilhões de usuários mensais em suas redes, incluindo o Intagram e WhatsApp, e que aproximadamente 1,5 bilhão de pessoas faz uso diário das plataformas. Em maio, uma pesquisa da eMarketer apontou uma redução do uso diário do Facebook, aumentado a pressão com a fuga de usuários nos últimos anos.