Economia

Em disputa acirrada, Aneel leiloa 11 lotes de transmissão

Crédito: Arquivo/Agência Brasil

A previsão é que sejam realizada a instalação de 1.959 km de linhas e subestações em nove estados (AM, BA, CE, ES, GO, MS, MG, RS e SP) (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) realizou nesta quinta-feira (17) o leilão de 11 lotes de transmissão de energia. A previsão é que seja realizada a instalação de 1.959 km de linhas e subestações em nove estados (AM, BA, CE, ES, GO, MS, MG, RS e SP).

De acordo com o Correio Braziliense, o investimento será de R$ 7,34 bilhões. O leilão foi bastante disputado, com todos os ativos recebendo propostas e lances. A Mez Energia foi a grande vencedora, com os consórcios formados pela companhia arrematando cinco lotes.

+ Aneel aprova redução nas tarifas de Angra 1 e Angra 2
+  Aneel reduz em 4,55% tarifa que dá base a royalties de hidrelétricas

O lote 11, último a ser ofertado, foi disputado segundo a segundo pela Energisa e Cymi. A Energisa levou a melhor e arrematou a concessão com oferta de RAP (Receita Anual Permitida) de R$ 63 milhões, um deságio de 47,27% em relação ao valor máximo previsto pela Aneel. A RAP é a receita a que o empreendedor terá direito pela prestação do serviço.



Este lote prevê 33,4 km novos mais 385 km existentes de linhas e estimativa de 1.250 empregos diretos. A linha de transmissão passa pelos municípios de Manaus, Presidente Figueiredo e Rio Preto da Eva, no Amazonas.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel