Giro

Em crise, Harley-Davidson planeja encerrar atividades em 50 países

Crédito: Divulgação

As vendas das motos da Harley-Davidson, que já não vinham bem, despencaram com a chegada da covid-19 (Crédito: Divulgação)

A Harley-Davidson anunciou no Paraguai que vai encerrar atividades em 50 países. A decisão de fechar sua operação no país sul-americano já era esperada, mas a surpresa veio com o anúncio, divulgado em rede social da marca e amplamente repercutido na imprensa paraguaia, de que a marca americana estaria suspendendo atividades em tantos mercados. A decisão deve ser concluída até o final de 2021.

Uma das marcas mais icônicas no universo do motociclismo, a Harley já vinha dando sinais de fadiga com o avanço da covid-19 no mundo, principalmente após anunciar que abandonaria suas operações na Índia, o maior mercado de motos do planeta, há pouco mais de 4 semanas.

+ Aos 116 anos, Harley-Davidson se reinventa para manter competitividade
+ Produção de motocicletas aumenta 13,1% em setembro
+ Motos: veja o que mudou com as alterações no Código de Trânsito

O anúncio foi feito na semana passada. A divisão do Paraguai fez uma postagem no Facebook dizendo que a companhia estava saindo do país sul-americano, além de outros países, bem como encerrando contratos de lojas nos Estados Unidos e reduzindo sua produção de motos.

O Free Press Journal, uma publicação da Índia, indicou que a Harley-Davidson decidiu reposicionar a estratégia global neste segundo semestre e isso deve levar a uma escalada de demissões da empresa globalmente. Somente no mercado indiano seriam mais de 2 mil desligamentos de funcionários.

“Uma reconfiguração total é necessária para tornar a Harley-Davidson uma empresa de alto desempenho”, disse o CEO da empresa, Jochen Zeitz, em um comunicado em julho. Segundo a CNN, a companhia já vinha patinando nas vendas antes da pandemia fechar os mercados em todo o mundo e viu a situação piorar com os produtos de luxo deixando de ser uma necessidade para as pessoas neste momento.

A Dinheiro entrou em contato com a assessoria da Harley-Davidson no Brasil para saber se a operação local segue intacta e a companhia disse que está seguindo as diretrizes de reestruturação da Harley nos Estados Unidos, mas não deu detalhes sobre como fica a situação brasileira.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago