Dinheiro na Semana

Em cartaz: Guerra da vacina versão século 21

Crédito: Mateus Bonomi

Sandra Lindsay, uma enfermeira em Nova York, foi a primeira pessoa nos Estados Unidos a receber a vacina (da Pfizer-BioNTech), na segunda-feira (14). O país com mais casos no mundo (1,6 milhão) e mais mortes (304 mil) começa a combater efetivamente a doença. Sabe o que o presidente Donald Trump fez? Tuitou festejando e dando os parabéns. Já nos trópicos…

O presidente Jair disse mais duas bobagens na nossa Guerra da Vacina versão Século 21. Nos dois casos elas são um boicote ideológico a qualquer plano de vacinação – plano que seu estrategista militar à frente da saúde ainda não colocou efetivamente de pé, diga-se. A primeira, que haveria necessidade de que os interessados em tomar a vacina assinassem um termo de responsabilidade isentando a União de efeitos colaterais. Nenhum país do mundo teve o mesmo insight de sabedoria. Não contente, na terça-feira (15) declarou: “Eu não vou tomar a vacina. E ponto final”

Para que serve mesmo a Fundeb?

Falta de dinheiro nem sempre é o problema. Seu uso inadequado sim. A Câmara dos Deputados estava promovendo uma lambança sobre o novo Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). Pelos parlamentares, até R$ 12,8 bilhões por ano poderiam ser transferidos da rede pública para escolas confessionais (religiosas), filantrópicas, comunitárias e do Sistema S. A conta foi feita pela ONG Todos pela Educação. O Senado impediu a mudança e voltou ao texto original. Com isso, o projeto retorna aos deputados e precisa ser aprovado este ano para que os recursos sejam distribuídos em 2021. A Fundeb administrou R$ 160 bilhões em 2020. No ano passado, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), organismo sob o qual está a Fundeb, preparou edital de R$ 3 bilhões para compras de computadores para escolas públicas. Boa notícia, né? Mas havia distorções. Num exemplo: uma unidade de ensino em Itabirito (MG) receberia supostamente 117 laptops por aluno. Cheiro de mutreta. A Controladoria Geral da União barrou o edital, cujo autor ninguém sabe, ninguém viu. Desde junho o FNDE está na cota de cargos sob comando do Centrão.

Roberto Schmidt/AFP

38 DIAS Prazo que o presidente Jair levou para cumprimentar o vencedor das eleições americanas, Joe Biden, desde que os meios locais o proclamaram eleito. Só ficou à frente de King Jong-un (Coreia do Norte).

O Brasil que mata negros

Pelo lado da PM, o cabo Júlio Cesar Ferreira dos Santos e o soldado Jorge Luiz Custódio da Costa faziam uma blitz na rua Margem Esquerda, em Belford Roxo (RJ). Pelo lado do cidadão comum, Edson de Souza Arguinez Junior (20 anos) e Jhordan Luiz de Oliveira Natividade (17 anos) passaram pelo lugar errado na hora errada. Vídeos gravaram a abordagem policial no sábado (13). Horas depois, os dois jovens foram mortos a tiros. Os corpos foram encontrados a 3km da blitz, numa área de milícia. Edson e Jhordan não tinham antecedentes criminais. Os PMs são os principais suspeitos dos homicídios.

Congresso Pós-Maia

Na terça-feira (15), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (PFL), reuniu partidos de esquerda para costurar uma candidatura que o substitua à frente da Casa em fevereiro. Estiveram na reunião também seus dois nomes: Baleia Rossi (PMDB) e Aguinaldo Ribeiro (PP). A frente liderada por Maia quer impedir a eleição de Arthur Lira (PP), candidato do presidente Jair. O PP está com Maia e contra Maia? Sim. Por isso o Centrão é o Centrão.

Brexit: so close, so far

Dursun Aydemir

Velho ditado, sempre atual: “Tão perto, mas tão distante” domina a nova agenda para o pós-Brexit. E o que pode levar o arrastado acordo a fazer água são… as águas. A UE quer acesso ao espaço de pesca britânico. “Não questionamos a soberania do Reino Unido em suas próprias águas. Mas pedimos previsibilidade e estabilidade”, afirmou Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia. A UE propõe repatriar 18% do volume pescado aos ingleses. Estes querem 60%.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel