Giro

Em campanha com atores nus, governo da Nova Zelândia debate a segurança na web

Crédito: Reprodução / Youtube

A produção faz parte da série Keep It Real Online que também inclui vídeos sobre cyberbullying (Crédito: Reprodução / Youtube)

O governo da Nova Zelândia lançou uma campanha para incentivar os pais a conversarem com os filhos sobre a segurança na internet. Usando do humor, o vídeo, transmitido na TV nacional e nas redes sociais, ganhou repercussão por ter como protagonistas dois atores nus.

No vídeo, os atores fingem ser estrelas pornô e dizem a uma mulher que seu filho estava assistindo seus filmes “em seu laptop, iPad, Playstation, seu telefone e na TV”, acrescentando que eles não falam sobre consentimento.

+ Ambev cria campanha LGBT e internauta pede campanha do ‘orgulho hétero’
+ Nova Zelândia remove estátua de polêmico militar colonial

A produção faz parte da série Keep It Real Online que também inclui vídeos sobre cyberbullying, cuidados com os pedófilos e a facilidade de acesso das crianças a conteúdos violentos.

De acordo com a agência de publicidade Motion Sickness, responsável pela campanha, o objetivo é ajudar os pais a manter a calma para lidar com esses temas.

“Os pais devem se sentir confiantes ao lidar com esses problemas. No final das contas, eles são a melhor pessoa para manter seus filhos seguros”, disse Hilary Ngan Kee, porta-voz da empresa, em comunicado divulgado pelo The Guardian.

O vídeo foi amplamente comentando nas redes sociais e já conta com mais de 2 milhões de visualizações.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel