Giro

Em assembleia, professores do Rio decidem não retomar aulas presenciais

Professores de escolas particulares do município do Rio de Janeiro decidiram em assembleia virtual neste sábado, 1, que não vão retomar as aulas presenciais. A prefeitura liberou o retorno na próxima segunda-feira, de forma voluntária, do 4.º ao 9.º ano.

A reunião do Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro e Região (SinproRio) contou com a participação de mais de 500 profissionais, que votaram pela “manutenção da greve pela vida”.

A proposta é retomar as aulas presenciais apenas com a garantia das autoridades da área de saúde.

“Não nos negamos a trabalhar, e estamos trabalhando muito no teletrabalho, mas estamos em greve pela vida”, afirmou o presidente do Sinpro-Rio, Oswaldo Teles, na abertura da assembleia virtual.

Ele ainda ressaltou que “em nenhum lugar do mundo, ocorreu retorno às aulas presenciais com o número de contágios e mortes (beirando as 100 mil) que o Brasil vem sofrendo”, segundo comunicado do sindicato.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel