Negócios

Elon Musk: não é possível mudar o mundo trabalhando 40 horas por semana

"Há lugares muito mais fáceis de trabalhar, mas ninguém mudou o mundo trabalhando 40 horas por semana", disse Musk

Elon Musk: não é possível mudar o mundo trabalhando 40 horas por semana

Você não está trabalhando o suficiente, ao menos se quiser mudar o mundo. Essa é a opinião do sempre polêmico Elon Musk, fundador da Tesla e SpaceX, que declarou ser preciso trabalhar ao menos 80 horas por semana caso seu objetivo seja mudar o mundo.

“Há lugares muito mais fáceis de trabalhar, mas ninguém mudou o mundo trabalhando 40 horas por semana (8 horas por dia)”, disse o executivo em um tweet, que completou dizendo que suas empresas são lugares para “fazer acontecer”.

Ele depois foi questionado qual o número ideal de trabalho. Para Elon Musk, a fórmula mágica parte de 80 horas semanais, podendo chegar a até 100. Mas fez o alerta de que o “nível de dor” aumenta acima de 80 horas de trabalho na semana. A declaração foi feita após Musk declarar em entrevista que durante o ápice da crise de produção do Model 3 da Tesla, ele trabalhou 120 horas por semana enquanto todo o resto da empresa fez um expediente de 100 horas semanais.

Durante o período, ele declarou que a empresa esteve perto da falência e que o esforço foi necessário para salvar a Tesla. “A empresa estava sangrando dinheiro enlouquecidamente e se não resolvêssemos os problemas em muito pouco tempo, morreríamos”, declarou via Twitter.

As histórias sobre a rotina de trabalho de Musk e da fábrica da Tesla já se tornaram lendas na indústria, com altas horas de trabalho, funcionários dormindo em seus carros e falta de banheiros.