Edição nº 1109 22.02 Ver ediçõs anteriores

Elena Walch, a arquiteta italiana que virou enóloga

Elena Walch, a arquiteta italiana que virou enóloga

A arquiteta italiana Elena Walch, dona de sua própria marca de vinhos

 

A arquiteta italiana Elena Walch nunca pensou em ter um vinhedo e muito menos em ter os vinhos, com o seu nome estampado nos rótulos, reconhecidos pela crítica internacional. Sua aventura neste mundo começa com o convite para restaurar um castelo renascentista no Alto Adige, norte da Itália, rodeados de vinhedos. Durante as obras, ela e Werner Walch, o proprietário do Castel Ringberg, construído pela dinastia de Habsburg no século 17, se apaixonaram. Poucos anos depois, a arquiteta se tornou a senhora Walch, integrando a quarta geração de uma das mais tradicionais vinícolas da região.

Jovem e cheia de ideias, Elena queria trazer uma proposta mais moderna aos vinhos. No acordo familiar, o casal decidiu que o marido continuaria a elaborar os vinhos com a marca Wilhelm Walch, de acordo com as técnicas que Werner aprendeu com o seu pai, e Elena teria a sua própria marca, utilizando uvas de alguns vinhedos da família. Em entrevistas, Elena lembra que não foi fácil, na década de 1980, explicar para os trabalhadores o que ela queria nos vinhedos e se fazer obedecer. Depois de alguns anos de experiência, em 1988, ela lançou a sua primeira safra.

Atualmente, Elena conta com 60 hectares de vinhedos, cultivados com variedades autóctones, como a schiava, que dá origem ao Per Sé, e também com variedades internacionais, como sauvignon blanc e merlot. Os seus melhores vinhos vem de dois vinhedos históricos, o Castel Ringberg e o Kastelaz. Seu foco é o conceito de terroir, respeitando as peculiaridades desta região montanhosa e, também, a sustentabilidade. O site da vinícola, por exemplo, lista todas as práticas sustentáveis seguidas, como o cultivo orgânico, no vinhedo, o uso de energia solar na vinícola, e a compra de garrafas mais leves, para diminuir a emissão de CO2 em seu transporte, por exemplo. Hoje, Elena conta com a ajuda de suas duas filhas, Julia e Karoline.

 

Tópicos

Elena Walch

Mais posts

A falsificação do vinho Tignanello

O Tignanello é um dos vinhos premiuns da tradicional Marchesi Antinori, vinícola que está atualmente em sua 26ª geração de produtores

O adeus a Gianfranco Soldera

Considerado um dos melhores produtores de Brunello di Montalcino, Soldera era um purista, seguidor das práticas de cultivo natural, sem [...]

A Peterlongo e o dilema do champanhe

Desde que comprou à centenária vinícola gaúcha em 2002 e, mais recentemente, desde a contratação do francês Pascal Marty como [...]

Nasce uma associação para divulgar o vinho

Na tentativa de ajudar a aumentar o consumo de vinho no Brasil, setores importantes decidiram se unir e lançar a Pró-Vinho.

A festa do padroeiro dos vinhateiros

Na Borgonha, todos os anos, no final de semana depois de 22 de janeiro, que é o dia do padroeiro, se comemora a festa de Saint Vincent
Ver mais
X

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.