Edição Nº 1165 03.abr.20

Economia

STF entra na briga

Depois de receber notícia-crime contra o presidente da República, PGR é pressionada pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo, a acelerar o processo que pode afastar bolsonaro por 180 dias.

À deriva

A economia brasileira já não ia a bem Antes do surto do coronavírus. A Julgar pela queda de 8,8% nas exportações em janeiro, a política de desvalorização cambial foi um erro. Agora, a conta será mais salgada.

Um corte que sangra

Medida Provisória que reduz 50% das contribuições das empresas ao Sistema S por 90 dias causará fechamento de unidades, redução de atendimento à população e demissões. Entidades apelam ao governo.

Negócios

A saída do varejo está na entrega

Com portas fechadas, empresas adotam vendas sem contato com os clientes para garantir receita durante o período de distanciamento social.

A equação para salvar vidas

Concorrentes históricos, os hospitais paulistas Albert Einstein, Sírio-Libanês, Oswaldo Cruz, HCor e Beneficência Portuguesa criam estratégias conjuntas de combate à Covid-19.

Esqueça tudo. Plug nisto

Trevisan Escola de Negócios quer transformar o que chamamos de educação – e isso interessa à sua empresa.

Taurus se arma

Coronavírus ajuda a alavancar vendas da empresa e a consolidar o bom resultado de 2019, quando voltou a apresentar lucro líquido depois de sete anos.

O show não pode parar?

Com o fechamento de teatros, museus, cinemas e casas de espetáculo, o setor da cultura pode sofrer um apagão de consequências dramáticas. sem público, a sobrevivência depende de crédito.

O remédio da educação

Instituições particulares adotam métodos digitais de aprendizado para evitar interrupção das aulas, cumprir carga horária e diminuir impactos da pandemia.

Tecnologia

Marketing mais que real

More Than Real, empresa brasileira certificada pelo Facebook, navega na onda da Realidade Aumentada.

Tech sem crise

Gigantes do setor de TI crescem diante da necessidade das empresas de aumentar a produtividade e de criar soluções de trabalho remoto. nuvem, digitalização e home-office vieram para ficar.

Artigo

Covid-19 e a inadimplência

O coronavírus tem causado grande ansiedade, medo e pouca racionalidade. Os gestores precisam lidar com os impactos financeiros nas empresas de forma pragmática e objetiva. Não sabemos qual será o comportamento das pessoas e da economia brasileira nos próximos meses e qualquer comparação com outras economias é exercício de ficção.

Dinheiro em foco

“Mesmo com a China dizendo estar com 70% a 80% da capacidade normal de trabalho é cedo falar em recuperação”

Dinheiro em Ação

Educação forçada

Investidores

Sem Lucros e sem dividendos

No turbilhão em que vive a bolsa de valores nas últimas semanas, um porto mais seguro poderia ser as empresas que distribuem dividendos. ocorre que elas estão cancelando ou postergando esses pagamentos.

Estilo

Solidariedade chique

Grifes de luxo entram na luta contra o coronavírus com doações para montagem de UTIs, produção de desinfetantes, compra de alimentos e apoio à pesquisa médica. Armani, Louis Vuitton, Prada, Ralph Lauren e Versace são algumas das marcas mais engajadas no combate à Covid-19.

Capa

A Covid-19 e o fator Bolsonaro

Medidas do governo federal para diminuir os impactos da quarentena sobre a economia e evitar um colapso da saúde pública somam R$ 800 bilhões. O setor empresarial se queixa da falta de clareza sobre como os recursos chegarão a quem precisa. Outro grande risco: as atitudes do presidente da República.

Finanças

Não é hora de elevar o spread

Bancos prometem linhas de financiamento a juros baixos e carência de até 60 dias para dívidas de pequeno e microempresários. Na prática, as taxas estão mais altas em até 70% – fato que motivou comerciantes a enviar uma carta se queixando ao Banco Central.

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.