Economia

Dyogo tem desafio em cenário que não comporta subsídio, diz Colnago

Sucessor de Dyogo Oliveira no comando do Ministério do Planejamento, Esteves Colnago elogiou nesta segunda-feira os últimos dois presidentes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), ambos empossados no governo do presidente Michel Temer.

Segundo Colnago, tanto Paulo Rabello de Castro quando Maria Silvia Bastos Marques souberam conduzir bem o BNDES. Para ele, o grande desafio de Dyogo agora na presidência do banco de fomento será comandar o BNDES num cenário em que “a taxa de juros já não comporta o subsídio”, mas o cenário ainda impõe que o banco “seja competitivo”.

“O BNDES tem que ser entendido como player de cooperação com demais atores, um promotor do desenvolvimento econômico”, discursou Colnago, durante a cerimônia de posse de Dyogo Oliveira como presidente do BNDES, no Rio.

Resgate

Ex-presidente do BNDES e pré-candidato à presidência pelo PSC, Paulo Rabello de Castro destacou a retomada da economia em seu período de gestão do banco, na cerimônia de transmissão do cargo a Dyogo Oliveira. “Tive a honra de participar do resgate da economia realizado pelo presidente Michel Temer.”

Segundo ele, somada à devolução de R$ 80 bilhões realizada pelo banco ao Tesouro no fim do ano passado, com pagamentos de dividendos e tributos, desde o período em que era presidido por Luciano Coutinho, ainda no governo Dilma Rousseff (PT), o BNDES já devolveu mais de R$ 440 bilhões ao Tesouro. Além disso, uma nova devolução, de R$ 100 bilhões está prevista para o segundo semestre.

Na avaliação de Rabello de Castro, o banco tem resultado notável e não merece “as alcunhas” de empresários que tomam dinheiro em um guichê e falam mal do banco em outro. “Aqui cheguei pra enfrentar uma agenda de superação. Após duas CPIs enfrentadas, não foi encontrado nada que desabone BNDES na nossa gestão”, completou.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?