Farol DINHEIRO

Droga para demência pode ajudar a apagar experiências aterrorizantes

Droga para demência pode ajudar a apagar experiências aterrorizantes

Pesquisadores japoneses ajudaram um rato a esquecer lembranças ruins ao administrar um remédio para demência, e disseram que a descoberta poderia levar a novos tratamentos para pacientes com transtorno de estresse pós-traumático (TEPT). Em reportagem do jornal Asahi Shimbun, Satoshi Kida, professor de química da Universidade de Tóquio, disse que sua equipe confirmou os efeitos da droga memantina durante o experimento.

As pessoas desenvolvem TEPT como resultado de circunstâncias aterrorizantes e sentem sensação de terror ao relembrar esses momentos traumáticos. A terapia mais comum é fazer os pacientes falarem sobre suas experiências para profissionais da área médica. No entanto, o processo leva tempo e sobrecarrega os pacientes.

Kida e seus colegas colocaram um pequeno rato pesando 30g perto de um camundongo de 40g que exibiu comportamento ameaçador, por 10 minutos por dia durante 10 dias consecutivos. O mouse menor exibia sinais de TEPT e ficava longe do roedor maior. Mas, ao receber memantina semanalmente por um mês, começou a se aproximar do maior sem medo.

A droga provavelmente promoveu a regeneração nervosa na área do cérebro associada a memórias, ajudando o ratinho a esquecer sua experiência assustadora, disseram os pesquisadores.