Negócios

Dotz protocola pedido de registro de oferta pública de ações na CVM

Crédito: Divulgação - Dotz

Recursos serão usados para investimentos na plataforma Dotz, ampliação da participação da companhia nos negócios de fidelização, marketplace e techfin (Crédito: Divulgação - Dotz)

A Dotz protocolou nesta segunda-feira seu pedido de registro de oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês) na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A empresa possui um programa de fidelidade que permite acumular pontos para serem trocados por serviços e produtos.

A empresa registrou lucro bruto de R$ 99,571 milhões em 2020, queda de 16,3% em relação a 2019. Além disso, teve Ebtida negativo de R$ 2,743 milhões, ante resultado positivo de R$ 3,773 milhões no ano anterior. A receita líquida somou R$ 111,006 milhões, recuo de 12,7% na comparação anual.

+ Ano de 2021 acumula 13 aberturas de IPOs; 32 aguardam autorização

A oferta terá como coordenador-líder o BTG Pactual, além da participação do Itaú BBA, do UBS BB e do Credit Suisse.

Segundo o prospecto preliminar, a companhia pretende utilizar os recursos captados no IPO para investimentos na plataforma tecnológica e digital Dotz, ampliação da participação da companhia nos negócios de fidelização, marketplace e techfin, potenciais aquisições estratégicas e pagamentos relacionados à operação de mezanino existente.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel