Giro

Doses de reforço contra Covid não são amplamente necessárias, apontam cientistas da OMS e FDA

Crédito: Arquivo / Reuters

Os cientistas disseram que mais evidências são necessárias para justificar a necessidade do reforço (Crédito: Arquivo / Reuters)

WASHINGTON (Reuters) – Doses de reforço de vacinas contra a Covid-19 não são necessárias para a população em geral, disseram cientistas, incluindo duas autoridades da Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) e outros vários da Organização Mundial da Saúde (OMS), em um artigo publicado em uma revista médica nesta segunda-feira.

Os cientistas disseram que mais evidências são necessárias para justificar a necessidade do reforço. A visão é antagônica aos planos do governo norte-americano de começar a oferecer outra rodada de imunizantes para muitos cidadãos completamente vacinados já a partir da semana que vem, dependendo da aprovação dos reguladores de saúde.

+ Após internação por covid-19, pacientes enfrentam distúrbios de sono

Enquanto os casos de Covid-19 provocados pela variante Delta do vírus crescem, o governo do presidente Joe Biden está preocupado que as infecções entre os já vacinados possam ser um sinal de que a proteção está diminuindo, e quer as doses de reforço como uma maneira de reconstruir a imunidade.



A OMS já argumentou que ainda há necessidade de vacinas para a aplicação de primeiras doses em todo o mundo.

“Qualquer decisão sobre a necessidade de aumentar a proteção ou sobre o momento do reforço deveria ser fundamentada em análises cuidadosas de dados clínicos ou epidemiológicos controlados, ou ambos, indicando uma redução persistente e significativa em quadros graves da doença”, escreveram os cientistas na publicação médica Lancet.

A avaliação da relação risco-benefício deve considerar um número projetado de casos graves da Covid-19 que a dose de reforço pode prevenir, e se ela seria segura e eficiente contra as atuais variantes, afirmaram os pesquisadores.

Veja também
+ Até 2019, havia mais gente nas prisões do que na bolsa de valores do Brasil
+ Geisy reclama de censura em rede social: “O Instagram tá me perseguindo”
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago