Ciência

Dose de reforço da vacina reduz chances de óbito em 48 vezes

Crédito: Divulgação/Governo de São Paulo

Vacinados com duas doses têm 9 vezes menos chances de morrer que não imunizados (Crédito: Divulgação/Governo de São Paulo)

Pessoas que não tomaram a vacina contra a Covid-19 possuem quase 48 vezes mais chances de morrer do que imunizados com a dose de reforço, segundo dados do governo da Suíça. A análise da vacinação no país europeu indica ampla prevalência de óbitos entre os não vacinados.

O chefe de dados da plataforma Our World in Data, da Universidade de Oxford, Edouard Mathieu, explica que as pessoas vacinadas com duas doses possuem 9 vezes menos chances de morrer em relação a não imunizados.



+ Pior dos crimes é médico não incentivar vacinação, diz secretário de Saúde de SP
+ Covid-19: Rio retoma calendário de vacinação infantil na quarta-feira

A Suíça alcançou um quadro em que 68% de sua população está vacinada com duas doses e outros 35% com a terceira aplicação de reforço. O governo deseja aumentar a vacinação diante das taxas recordes de infecção diária causada pela variante Ômicron: foram 38 mil casos diários na última quarta-feira (19) em um país com apenas 9 milhões de habitantes.

A Suíça prolongou medidas de restrição até o final de março. O trabalho remoto obrigatório está determinado até o final de fevereiro.

+ Confira 10 receitas para reaproveitar ou turbinar o arroz do dia a dia


“Para sair da pandemia não há atalho. A vacinação é fundamental”, declarou o ministro da Saúde da Suíça, Alain Berset.




Tópicos

casos casos covid no Brasil casos ômicron no Brasil Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo Como prevenir COVID-19 no ambiente de trabalho? contágio ômicron coronavírus coronavírus 2022 covid covid da diarreia amarela covid da diarreia e dor de estomago covid da diarreia e dor no corpo covid da diarreia e febre covid da diarreia e vomito covid da diarreia forte covid da diarreia por quantos dias covid da diarreia verde Covid-19 criança vacina covid-19 criança vacina pfizer devo continuar com medidas preventivas como uso de máscara Diário Oficial da União dor de garganta omicron gripe influenza lotação das utis mas transmiti-la? mascara de pano omicron medicação para covid omicron Ministério da Saúde mortes ômicron não vacinados não vacinados têm mais chances de morrer novos casos covid-19 novos casos ômicron número de casos coronavírus Brasil 1901 números de casos Brasil omicron omicron em crianças omicron sequelas OMS pandemia pico de transmissão pico de transmissão da ômicron planos de saúde Posso não apresentar sintomas da COVID-19 preço teste PCR preço teste rápido procon rj Procon SP quais os sintomas da omicron a nova variante Quais são os principais cuidados para evitar a contaminação familiar de COVID-19? qual o pico de transmissão da ômicron? alcool gel Qual o tempo de incubação da COVID-19? qual os sintomas da omicron Quanto tempo a COVID-19 permanece ativo em diferentes superfícies? quantos dias duram os sintomas da omicron Quantos dias é o isolamento pela COVID-19? Que máscara uma pessoa que suspeita ter COVID-19 deve usar? reação adversa vacina reação criança vacina reacoes vacina pfizer remédios para covid omicron SarsCov2 saúde Saúde Pública sintoma da gripe sintomas da nova variante omicron sintomas da variante omicron sintomas influenza sintomas ômicron sintomas omicron e influenza Suíça SUS Tenho que parar de tomar alguma medicação por conta do novo coronavírus (COVID-19)? Testagem Covid testagem farmácias testagens laboratórios testagens postos de saúde teste nasal para covid funciona? testes testes de covid de farmácia testes Ômicron RJ testes ômicron SP testes pcr testes plano de saúde testes rápidos covid testes rápidos covid planos de saúde UTIs UTIs públicas vacina vacina salva vacinação vacinação infantil covid-19 vacinação suíça variante omicron