Giro

Doria anuncia produção e distribuição de 2 mi de máscaras a comunidades carentes

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou a produção e distribuição de 2 milhões de máscaras em comunidades carentes da cidade de São Paulo como medida profilática contra a pandemia do novo coronavírus. Segundo o governador, a confecção será feita na Escola Técnica Estadual (Etec) de Heliópolis por 740 costureiras e a remuneração por peça será de R$ 2 e pode chegar a ganho de R$ 80 por dia.

O prefeito da capital, Bruno Covas (PSDB), anunciou programa semelhante chamado “Costurando pela Vida” para a produção de 1 milhão de máscaras, 500 mil protetores faciais e 500 mil aventais. De acordo com Covas, o programa tem um investimento de R$ 2 milhões e terá a contratação de mil costureiras pelo prazo de dois meses. O início da distribuição está previsto para começar a partir do dia 20 de abril.

Covas anunciou também que será lançado edital para outro programa “Cozinhando pela Vida”, com valor de investimento de R$ 2,7 milhões. De acordo com o prefeito, o valor será usado para a contratação de 300 cozinheiras nos Centros Educacionais Unificados (CEUs) para a produção de 3 mil refeições por dia. “Ajudamos a população que mais precisa e que é mais afetada e são programas de transferência de renda, em especial, para as mulheres”, disse Covas.



Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel