Negócios

Dona dos apps Badoo e Bumble é vendida por US$ 3 bilhões

Dona dos apps Badoo e Bumble é vendida por US$ 3 bilhões

Whitney Wolfe Herd é a nova CEO do MagicLab, empresa dona do Badoo e Bumble (Divulgação)

A gestora de investimentos Blackstone anunciou nesta sexta-feira (8) que assumirá as ações majoritárias do MagicLab, grupo que cria e opera aplicativos de relacionamentos e redes sociais, incluindo Bumble e Badoo. A empresa não revelou qual será sua participação exata no conglomerado, mas a transação avaliou a companhia em US$ 3 bilhões.

Fundado em 2006 pelo empresário russo Andrey Andreev, o MagicLab ajudou a criar e desenvolver formas de conectar pessoas no século XXI. As marcas do grupo já conectaram mais de 500 milhões de pessoas no mundo através de namoros, amizades e negócios.

Em nota, a empresa afirmou que Andreev esteve na vanguarda de inovação do segmento de relacionamentos “investindo na busca de empreendedores talentosos e visionários e tecnologia para orientar.” Agora, após vender a totalidade das suas ações para a Blackstone, será substituído por Whitney Wolfe Herd, fundadora e CEO do Bumble.

No mesmo comunicado à imprensa, Andreev disse que o investimento representa “uma grande oportunidade para desenvolver mais as marcas e a plataforma, levando o MagicLab a novos níveis de crescimento e expansão”. Já Whitney reforçou a missão da empresa de realizar encontros que respeitem a diversidade dos usuários. “Seguiremos trabalhando com o objetivo de recalibrar as normas de gênero e permitir que as pessoas se conectem em nível global”, destacou.

O Citi Global Capital Markets atua como consultor financeiro exclusivo do MagicLab e está fornecendo financiamento para apoiar a aquisição pela Blackstone.