Geral

Doleiro Dario Messer já está na Polícia Federal no Rio

O doleiro Dario Messer, preso na tarde de hoje (31) no bairro dos Jardins em São Paulo (SP), foi transferido da capital paulista e trazido na noite desta quarta-feira para a sede da Superintendência da Polícia Federal, na zona portuária do Rio, onde passará a noite. 

Amanhã (1º) ele deverá seguir para o Complexo Penitenciário de Gericinó, onde ficará em um presídio onde se encontram os presos dos desdobramentos da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, entre eles, o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral.

Conhecido como o doleiro dos doleiros, Messer estava foragido da Justiça desde maio de 2018 e foi preso na casa de uma amiga em um condomínio de luxo nos Jardins, bairro de classe alta na capital paulista.

Com a aparência completamente diferente, Messer está bem mais mago, com o cabelo pintado e de barba. O doleiro tem cidadania paraguaia e também era procurado pelas autoridades daquele país.

Messer responde há vários processos abertos desde o final da década de 1980. Ele é acusado de movimentar cerca de R$ 6 bilhões de forma suspeita para empresários e políticos, entre eles, o ex-governador Sérgio Cabral. A ordem de prisão contra o doleiro foi expedida em maio de 2018, dentro da Operação Câmbio Desligo, conduzida pelo juiz Marcelo Bretas, titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio.

 

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança