Finanças

Dólar sobe ante rivais, apesar de otimismo e com fraqueza da libra

O dólar subiu ante outras moedas fortes, nesta segunda-feira, 29, apesar do otimismo do mercado acionário com a retomada econômica. A fraqueza da libra, em meio a negociações entre a União Europeia e o Reino Unido para um acordo comercial pós-Brexit, impulsionou o índice DXY, que mede a variação da moeda americana ante seis rivais.

No fim da tarde em Nova York, o dólar subia 107,63 ienes, enquanto o euro avançava a US$ 1,1238 e a libra registrava baixa a US$ 1,2289. O índice DXY, por sua vez, operava em alta de 0,06%, a 97,493 pontos, na mesma marcação.

“Está claro que grande parte dos EUA será forçada a adiar a reabertura até que os números do vírus melhorem”, avaliam analistas do banco americano Brown Brothers Harriman (BBH), ao comentar fatores que podem impulsionar o dólar. No final de semana, o país registrou recordes de novas infecções por covid-19, principalmente devido a estados como o Texas, a Flórida e o Arizona.

Para o Bank of America, o dólar começará a reverter declínios nos próximos meses, à medida que a recessão global e o desempenho econômico dos EUA renovam o estresse no mercado financeiro e apoiam a busca por ativos de segurança. Hoje, no entanto, uma alta maior do que o esperado nas vendas pendentes de imóveis nos EUA em maio surpreendeu o mercado e gerou otimismo.

A libra, por outro lado, se enfraqueceu hoje. “As negociações comerciais do Brexit foram retomadas nesta semana, um assunto delicado e espinhoso para a libra”, comenta o analista de mercado Joe Manimbo, do Western Union.

Já o euro se valorizou, em meio a tratativas para a aprovação de um fundo de recuperação de 750 bilhões de euros proposto pela Comissão Europeia. “Vamos fazer de tudo para convencer nossos parceiros”, escreveu em sua conta oficial do Twitter o presidente da França, Emmanuel Macron, depois de uma reunião com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel.

Ante moedas emergentes e ligadas a commodities, o dólar também se fortaleceu. No final da tarde em Nova York, a moeda americana subia a 70,4076 pesos argentinos, a 23,1222 pesos mexicanos e a 17,3138 rands sul-africanos.

Veja também

+ Receita abre consulta a segundo lote de restituição de IR, o maior da história
+ Homem encontra chave de fenda em pacote de macarrão
+ Baleias dão show de saltos em ilhabela, veja fotos!
+ 9 alimentos que incham a barriga e você não fazia ideia
+ Modelo brasileira promete ficar nua se o Chelsea for campeão da Champions League
+ Cuide bem do seu motor, cuidando do óleo do motor
+ 12 dicas de como fazer jejum intermitente com segurança

Tópicos

moedas