Finanças

Dólar segue a R$ 5,70 com fluxo negativo e ganho ante emergentes após ADP

O dólar volta a operar na casa dos R$ 5,70, após máxima à vista à R$ 5,7176 (+0,91%). A alta responde à continuidade das saídas de investidores estrangeiros do País seja por causa da insegurança jurídica com possibilidade de novos aumentos de impostos ou ainda o pior, o risco de criação de novos impostos e em função ainda da vacinação lenta contra covid-19 e a fragilidade da economia brasileira, afirma Jefferson Rugik, diretor-superintendente da corretora Correparti.

Segundo ele, o ajuste local acompanha ainda o fortalecimento externo do dólar ante algumas divisas emergentes e ligadas a commodities, em reação ao dado de geração de vagas no setor privado nos Estados Unidos.

O ADP informou que foram criados 117 mil empregos no setor privado do país em fevereiro, abaixo da previsão de 225 mil, mas o dado de janeiro foi revisado em alta (de 174 mil para 195 mil).

Os números podem reforçar a percepção de que o mercado de trabalho americano segue fraco e ampliar a pressão por estímulos fiscais, no momento em que um pacote sobre o tema é discutido no Senado americano.

Veja também

+ Carreira da Década - Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

dólar