Finanças

Dólar renova máximas, reagindo à abertura do mercado de câmbio argentino

O dólar renovou máximas sequenciais na manhã desta terça-feira, 13, até R$ 4,0125 (+0,73%) no mercado à vista, reagindo à abertura do mercado de câmbio argentino com o dólar em alta de mais de 10% frente o peso argentino, afirma Cleber Alessie Machado Neto, operador da corretora H.Commcor.

Pouco antes do fechamento deste texto, o dólar era negociado a 57,872 pesos argentinos (+11,22%).

Segundo Machado Neto, internamente, o ajuste de alta da abertura ganhou força após o CPI (índice de preços norte-americano) cheio dos EUA e seu núcleo terem vindo acima das previsões dos analistas e, agora, acelera em meio à nova desvalorização forte do peso argentino.

Machado Neto avalia ainda que a possível tramitação da proposta de pacto federativo no Senado antes da votação da PEC da reforma da Previdência dilui um pouco o otimismo com tramitação da Previdência no Senado, mas a percepção é de que há votos para sua aprovação.

Tópicos

dólar