Finanças

Dólar recua ante rivais com Brexit impulsionando libra e euro

O dólar recuou ante rivais nesta quinta-feira, com o anúncio do acordo para o Brexit impulsionando a libra e o euro, o que pressionou o índice DXY, que mede a variação da moeda americana ante uma cesta de seis rivais, para o campo negativo.

Perto do horário de fechamento em Nova York, o dólar baixava a 108,64 ienes, enquanto o euro subia a US$ 1,1227 e a libra avançava a US$ 1,2879. Já o índice DXY fechou em queda de 0,40%, aos 97,607 pontos.

O anúncio, logo pela manhã, de que União Europeia e Reino Unido chegaram a um acordo para o Brexit deu o tom para os mercados internacionais ao longo do dia. A libra chegou a oscilar entre avanços e recuos em relação ao dólar durante o pregão, com a repercussão do caso, mas a moeda britânica conseguiu, ao fim do dia, firmar-se em alta em relação à americana, assim como o euro.

Contudo, o cenário também é de incertezas, na medida em que o acordo firmado entre UE e Reino Unido ainda precisa ser ratificado pelos parlamentos britânico e europeu – e há dúvidas se isso poderá ser feito antes de 31 de outubro, data final para o divórcio.

Embora muitos analistas considerem que um Brexit sem acordo seja uma possibilidade cada vez mais afastada, existe a chance de que o premiê britânico, Boris Johnson, tenha de pedir um adiamento do prazo para saída do bloco. “Qualquer um dos cenários saída anterior ou posterior a 31 de outubro deve levar a libra esterlina para a casa do US$ 1,30 e além”, considera o BK Asset Management. “No entanto, se o Parlamento rejeitar o acordo de Johnson sobre o Brexit, poderá haver um segundo referendo ou uma eleição geral – e um colapso quase certo na libra esterlina”, completa a instituição.

O dólar ainda recuou ante a lira turca, após o vice-presidente americano, Mike Pence, anunciar que os EUA e a Turquia chegaram a um cessar-fogo na Síria. De acordo com ele, as operações militares turcas serão suspensas e os americanos facilitarão a transferência de curdos para uma zona segura. Quando isso for concretizado, segundo Pence, as sanções de Washington a Ancara serão suspensas. Perto do horário de fechamento em Nova York, o dólar recuava a 5,8287 liras turcas. Na quarta, a divisa dos EUA era negociada a 5,8862 liras turcas.

Tópicos

moedas