Finanças

Dólar recua ante outras moedas principais, com Fed no radar

O dólar recuou ante outras moedas fortes, com investidores à espera de novidades sobre o diálogo comercial entre Estados Unidos e China e de olho em sinais sobre a trajetória da política monetária americana. Além disso, a lira turca se fortaleceu, após a nova eleição para a prefeitura de Istambul ter sido vencida pela oposição, sem incidentes.

No fim da tarde em Nova York, dólar operava estável ante o iene, a 107,33 ienes, o euro avançava a US$ 1,1398, enquanto a libra caía a US$ 1,2742, bem próxima da estabilidade. O índice DXY, que mede a moeda americana diante de outras fortes, teve baixa de 0,25%, a 95,980.

As apostas monitoradas pelo CME Group continuam a apontar para um corte em breve nos juros nos EUA, o que tem pressionado o dólar. Nesta tarde, a maioria das apostas era de uma redução de 0,25 ponto porcentual na taxa básica de juros dos EUA já na próxima reunião do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), em julho. O presidente do Fed de Dallas, Robert Kaplan, argumentou em texto publicado nesta segunda-feira que ainda é muito cedo para dizer se serão necessários cortes nos juros, diante da crescente incerteza sobre as tensões comerciais e um crescimento global mais fraco.

Ante as moedas de países emergentes e ligados a commodities, o dólar australiano se fortaleceu a US$ 0,6963, de US$ 0,6934 no fim da tarde de sexta-feira, após um dirigente do banco central local argumentar que cortes de juros podem não ser a melhor decisão para os bancos centrais.

Na Turquia, a moeda local se fortaleceu, após a oposição vencer a disputa pela prefeitura de Istambul. A disputa nas urnas ocorreu pela segunda vez, após o governo ter pedido a impugnação da primeira votação, que também havia sido vencida por oposicionistas. No fim da tarde em Nova York, o dólar recuava a 5,8119 liras turcas, de 5,8141 liras no fim da tarde de sexta-feira. Com informações da Dow Jones Newswires

Tópicos

moedas