Finanças

Dólar recua ante iene, reagindo à imposição de tarifas de Trump sobre México

O dólar caiu em relação ao iene, moeda considerada mais segura, repercutindo a decisão dos Estados Unidos de impor tarifas ao México, fato que balançou os mercados internacionais. A sessão cambial foi, em geral, desfavorável à divisa americana.

Perto do horário de fechamento em Nova York, o dólar caía a 108,41 ienes. Já o euro se fortalecia a US$ 1,1176 e a libra subia a US$ 1,2641.

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou quinta à noite que imporá tarifas ao vizinho México, como forma de pressionar o país a controlar o que ele chama de “crise” de imigração ilegal. O anúncio acentuou a cautela dos investidores, promovendo mais uma escalada nas tensões comerciais. Frente a isso, o peso mexicano se desvalorizou em relação ao dólar, que atingiu 19,6135 pesos mexicanos.

Colaborou para o cenário de busca por segurança a contração na indústria da China, gerando mais preocupações sobre os efeitos da guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo.

Tópicos

moedas