Finanças

Dolár bate recorde e abre o dia valendo R$ 4,30

Crédito: AFP/Arquivos

Na semana, o dólar acumula alta de 2,15%, terminando a sexta-feira em R$ 4,3927, novo patamar recorde do Plano Real (Crédito: AFP/Arquivos)

Acompanhando o humor do mercado global, que começou o dia com as bolsas asiáticas em baixa generalizada puxadas pelo coronavírus, o dólar abriu a sexta-feira (7) em alta e supera os R$ 4,30, rompendo, pela primeira vez o patamar durante um pregão.

Às 10h15 o dólar comercial era negociado a R$ 4,2915 na compra e R$ 4,2921 na venda. O turismo indicava R$ 4,3083 na compra e R$ 4,48 na venda.

Nesta quinta-feira (6), o dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 4,286, com alta de R$ 0,047 (1,11%).

A divisa chegou a abrir em baixa. Na mínima do dia, por volta das 9h, caiu abaixo de R$ 4,22. O câmbio, no entanto, reverteu o movimento e passou a subir no início da tarde, até encerrar na máxima do dia. O dólar acumula alta de 6,8% em 2020. O euro comercial também subiu e fechou o dia em R$ 4,703, alta de 0,93%.