Negócios

Dólar abre em alta com exterior, mas cai ecoando Campos Neto

Crédito: Hans Braxmeier/Pixabay

Dólar: arrefeceu depois do posicionamento do Banco Central (Crédito: Hans Braxmeier/Pixabay)

O dólar abriu em alta modesta nesta quinta-feira, 21, após a forte queda da véspera, diante da cautela no exterior e com o cenário político local no radar. Logo depois, o mercado inverteu para baixo, precificando a possibilidade de o Banco Central poder aumentar sua atuação no câmbio, se for necessário, conforme afirmou o presidente do BC, Roberto Campos Neto, em videoconferência com empresários na noite de quarta. Em relação à política monetária e econômica, a leitura é de que a autoridade monetária reforçou o cenário de que a taxa Selic pode cair, mas não muito mais. Às 9h24, o dólar á vista caía 0,58%, a R$ 5,6547. O dólar para junho recuava 0,66%, a R$ 5,6590.

Camex reduz a zero alíquota de IPI sobre bens de informática

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago



Tópicos

abertura dólar