Negócios

Dólar à vista fecha em queda de 1,11%, a R$5,4545

SÃO PAULO (Reuters) – O dólar sofreu nesta sexta-feira a maior queda em duas semanas, finalmente encerrando abaixo de 5,50 reais, com falas de um diretor do Banco Central sendo entendidas como sinal de maior prontidão da autarquia para corrigir excessos na taxa de câmbio.



O dólar à vista caiu 1,11%, a 5,4545 reais na venda. A moeda passou toda a sessão em baixa, oscilando de 5,507 reais (-0,16%) a 5,4344 reais (-1,48%).

A queda percentual do fechamento foi a mais intensa desde 1º de outubro (-1,47%).

Numa semana marcada pelo maior ativismo do BC no mercado de câmbio, via ofertas líquidas de contratos de swap cambial tradicional, o dólar acumulou baixa de 1,10%, a mais expressiva desde a semana finda em 27 de agosto (-3,50%).

Com isso, a cotação amenizou a alta de outubro para 0,09%. Em 2021, porém, o dólar ainda se valoriza 5,07% ante o real.



(Por José de Castro)


Veja também
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Vídeo: Motorista deixa carro Tesla no piloto automático e dorme em rodovia de SP
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Lago Superior: a melhor onda de água doce do mundo?