Documentação a distância

Documentação a distância

Uma plataforma que permite a criação e o gerenciamento de contratos a distância promete reduzir em até 90% o tempo gasto com esse trabalho. “Todos os tipos de documentos podem ser automatizados. Desde contratos simples até os mais complexos”, diz Fabricio Ramos, sócio da Lexio, a empresa que oferece o serviço. Na plataforma há desde documentos já automatizados como também modelos elaborados pelos usuários. “A Lexio funciona como um espaço de armazenamento de contratos da empresa, de controle dos eventos do contrato (notificando vencimento, por exemplo) e de organização da informação jurídica.” O faturamento este ano deve ficar 90% superior ao de 2019.

(Nota publicada na edição 1179 da Revista Dinheiro)

Veja também

+ Sandero deixa VW Polo GTS para trás em comparativo
+ Veja os carros mais vendidos em outubro
+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial
+ Ivete Sangalo salva menino de afogamento: “Foi tudo muito rápido”
+ Bandidos armados assaltam restaurante na zona norte do RJ
+ Mulher é empurrada para fora de ônibus após cuspir em homem
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?


Mais posts

Sáude & Beleza on-line

Desenvolvido pela Pharmacy, o Farmácias APP é um aplicativo de vendas on-line de itens de saúde e beleza. De acordo com a plataforma, as transações realizadas nos primeiros nove meses do ano mostram que a região Sudeste se destaca proporcionalmente no volume comercializado. Fabio X (Nota publicada na edição 1199 da Revista Dinheiro) Veja também […]

Safra agrolab chinesa

Esta é para o agrobusiness brasileiro ficar de olho. A China divulgou os dez avanços mais significativos do país em ciência e tecnologia agrícola. Cinco das soluções estão relacionadas à transformação de genes. Em um dos casos os pesquisadores identificaram no ancestral selvagem do milho um gene que, modificado, dá ao cereal forma mais estreita, […]

Call com…

Edgardo Torres-Caballero, diretor-geral da Mambu para a América Latina. A EMPRESA SE DESTACA POR… facilitar a inovação do core bancário digital nos clientes do setor financeiro. Desde a sua fundação, em 2011, a Mambu se diferencia por entregar uma plataforma nativa em nuvem, facilmente integrada a aplicações web e oferecida na modalidade de Software como […]

Windows faz 35 anos

Tecnicamente, ele é um millenial, aquela turma nascida mais ou menos entre 1982 e 1996. O Windows, sistema operacional mais utilizado no planeta – 76,3% em outubro, segundo o StatCounter –, acaba de fazer 35 anos. Foi lançado dia 20 de novembro de 1985. Ele trazia poucas ferramentas. Um processador de texto, uma solução gráfica […]

APPS: os novos refugiados

Pode-se dizer que os aplicativos são os novos refugiados. Ou presos políticos. Pelo menos os chineses, que começam a ser banidos além dos Estados Unidos. Desta vez, na Índia. O país proibiu 43 apps da China, incluindo alguns dos principais serviços de compras do Alibaba Group. Agora, já são mais de 200 serviços interditados. A […]

Ver mais

Copyright © 2020 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.