Negócios

Do rugby ao novo Brasil

Organizado para desenvolver novas lideranças políticas no País, o RenovaBR, fundado pelo paulistano Eduardo Mufarej, surpreende já no primeiro ano e elege 17 dos alunos que formou

Do rugby ao novo Brasil

“Precisamos de um país mais fácil e que dê às pessoas a possibilidade de empreender e criar riquezas” - Eduardo Mufarej: a missão da RenovaBR é desenvolver e qualificar a representação política

A política brasileira envelheceu e é necessário formar novas lideranças para que o País avance. Foi essa convicção que fez Eduardo Mufarej abandonar uma bem sucedida carreira no mundo dos negócios para se dedicar ao RenovaBR, organização não-governamental idealizada e fundada por ele e que tem como principal objetivo renovar o quadro político nacional.

A experiência está sendo muito bem sucedida. O RenovaBR foi fundado em outubro de 2017 e o primeiro curso para capacitação de novas lideranças surgiu ainda naquele ano, com participação de 133 alunos. Do total, 120 formandos se candidatam a cargos eletivos em 2018, conquistando 17 cadeiras no Legislativo e 4,5 milhões de votos. Foram 10 vagas no Congresso Nacional e sete em Assembleias Legislativas. “A gente esperava eleger entre 10% e 20% dos líderes que formamos, Chegamos a 15%”, diz Mufarej. “Então foi uma experiência de grande sucesso, principalmente porque o Renova BR não era algo óbvio, era uma experiência diferente.”

Eduardo Mufarej tem 42 anos, e é pai de três crianças, Tereza, Isabel e Antônio, todos com menos de 10 anos. Paulistano, veio de uma família de classe média. A mãe, Tereza Cristina, que faleceu em 2004, foi professora da rede pública na capital paulista. O pai, Elia Mufarej, trabalha até hoje no setor de autopeças. O criador do RenovaBR cursou Administração de Empresas na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e, em 2004, se tornou sócio da Tarpon Investimentos. Em 2008, presidiu o conselho da Ômega Energia, empresa voltada para hidrelétricas de pequeno porte e também para a geração eólica. Participou ainda dos conselhos da Arezzo & Co, BRF S.A., Centro de Liderança Pública (CLP) e da Escola de Negócios da Universidade de Yale. E foi o CEO da Somos Educação, antiga Abril Educação, de fevereiro de 2015 até outubro de 2017, quando deixou a empresa para se dedicar ao RenovaBR.

Segundo Eduardo Mufarej, a boa performance dos formandos do curso de liderança nas eleições de 2018 é apenas o início de uma longa caminhada. “A renovação dos quadros políticos aconteceu nessa eleição”, diz ele, “mas temos a clareza de que é preciso continuar trabalhando para que essa renovação seja sempre qualificada.”

Para que isso aconteça, o RenovaBR já tem um novo curso pronto a ser iniciado em 2019. Desta vez, o tema será mandato legislativo e estará aberto para 50 deputados federais, além dos 17 alunos da organização que foram eleitos este ano. “Vai ser a primeira vez que um deputado chegará a Brasília e irá para a escola”, comenta ele. “O Brasil tem muitas regras e um estado muito grande que, no entanto, não cumpre as tarefas mais básicas para com seus cidadãos. Precisamos de um País mais fácil, menos complexo e que dê às pessoas maior possibilidade de empreender e criar riqueza”, acredita o idealizador de um movimento político inédito no Brasil.

Orgulhoso do tamanho que sua iniciativa alcançou em tão pouco tempo, ele não vê o RenobaBR apenas como mais uma incumbência e sim como uma “missão”. Para cuidar dela, abriu mão de todas as suas outras atividades — exceto uma. Ele continua como presidente do conselho da Confederação Brasileira de Rugby, esporte que pratica com paixão.


Leia as matérias do Especial “Empreendedores do Ano 2018”

Um inovador que mantém a tradição
Com ele a carne é sempre forte
Muito além de 100 anos
Receita de saúde na gestão
O dono do mercado