Tecnologia

Disney e Nestlé tiram anúncios do YouTube após suspeita de pedofilia

Empresas tomaram medida depois que vídeo denunciou como as ações de propaganda eram usadas em redes de exploração sexual infantil

Disney e Nestlé tiram anúncios do YouTube após suspeita de pedofilia

A Disney, Nestlé e outras grandes marcas removeram os seus anúncios do YouTube após denúncia de que os vídeos estariam facilitando a pedofilia. A polêmica ganhou as redes sociais depois que o blogueiro Matt Watson postou um vídeo explicando como criminosos usam a área de comentários para trocar informações e vincular os anúncios em redes de exploração sexual infantil.

O vídeo foi postado por Watson no último domingo (17) e já ultrapassou 1,9 milhão de visualizações. As empresas, que também inclui a Epic Games, responsável pelo jogo Fortnite, e a alimentícia Dr. Oetker, tem grande parte dos seus anúncios voltados para o público infantil e usam atores mirins nas ações de marketing.

A polêmica sobre os vídeos infantis é um novo golpe na reputação do YouTube de policiar conteúdo confidencial. Anteriormente, outras marcas retiraram temporariamente sua publicidade da plataforma após os anúncios aparecerem ao lado de conteúdo extremista, informou a CNN.

Em nota, o YouTube afirmou que “tomou medidas imediatas excluindo contas e canais, relatando atividades ilegais às autoridades e desabilitando comentários sobre dezenas de milhões de vídeos que incluem menores.”

Com a repercussão, as marcas cobraram medidas e uma posição da plataforma de vídeos gerida pelo Google. A Dr. Oetker pediu ao YouTube “que explique como que a publicidade de nossa empresa foi colocada em um ambiente que rejeitamos rigorosamente e consideremos altamente repreensível do ponto de vista ético.”

Já a Nestlé expressou otimismo de que o YouTube seria capaz de resolver os problemas rapidamente, observando que o conteúdo inadequado afetou “um volume extremamente baixo” dos anúncios da empresa.

 

 

 

Veja também

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por redução de até 50% na parcela
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ iPhone 12: Apple anuncia quatro modelos com preço a partir de US$ 699 nos EUA
+ Veja mudanças após decisão do STF sobre IPVA
+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos
+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’
+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil
+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados
+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020
+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?