Economia

Dirigente do Fed ainda não vê requisitos alcançados para redução de estímulos

A presidente da distrital do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) em Cleveland, Loretta Mester, disse nesta terça-feira que a economia ainda não alcançou os requisitos da autoridade monetária para a redução de estímulos, processo conhecido como “tapering”. Segundo ela, apesar dos progressos recentes, “a pandemia ainda não acabou”.

Mester destacou que a política do Fed está em um “bom caminho” e que, embora tenha atingido a meta de inflação a 2%, ainda não chegou ao pleno emprego.

Para ela, é preciso haver mais avanços nessa área antes de começar a pensar em aperto das condições. “O principal foco da nossa política é a compra de ativos, não os juros”, ressaltou.

A dirigente pontuou que acredita que a reabertura das escolas ajudará na recuperação do mercado de trabalho.



Na visão dela, os riscos para a inflação no momento são de alta, mas essa pressão deve diminuir. Ela destacou ainda que o último processo de “tapering”, após a crise de 2008, serve de modelo para o futuro.

Veja também
+ Como podcasts podem ajudar na educação financeira do brasileiro
+ Mistério: mulher descobre que não é a mãe biológica de seus próprios filhos
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Veja quanto custa comer nos restaurantes dos jurados do MasterChef
+ Leilão de carros e motos tem desde Kombi a Nissan Frontier 0km