Geral

Diretora de Hospital Federal de Bonsucesso é afastada após série de denúncias

O Ministério da Saúde decidiu afastar a diretora do Hospital Federal de Bonsucesso, no Rio, Luana Camargo. Alvo de uma série de denúncias, entre elas, a de preencher vagas de trabalho com indicações políticas, a instituição é a primeira a ter a sua estrutura alterada.

Em dezembro, antes de assumir o posto, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, já havia adiantado que revisaria contratos e a administração dos seis hospitais que estão sob administração federal.

A mudança na administração dos hospitais também faz parte das prioridades para os 100 dias de governo. Mandetta prometera um “choque de gestão”, com compras integradas para as unidades.

Está prevista para esta quarta-feira, 23, no Rio, a primeira reunião entre integrantes do ministério, da Secretaria-Geral da Presidência da República e a diretoria dos seis hospitais para discutir melhoras na administração das instituições. A diretora do Hospital de Bonsucesso já não participará do encontro.

Veja também

+ T-Cross ganha nova versão PCD; veja preço e fotos

+Conheça os 42 anos de história da picape Mitsubishi L200

+ Remédio barato acelera recuperação de pacientes com covid-19

+As 10 picapes diesel mais econômicas do Brasil

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?