Edição nº 1092 19.10 Ver ediçõs anteriores

Dieta nada saudável

Dieta nada saudável

Dois estudos divulgados pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) mostram que a carne bovina e os laticínios lideram o ranking de alimentos cuja produção gera mais emissões de gases do efeito estufa. De acordo com as pesquisas, dependendo da localização, as duas categorias respondem por até 98% do total de emissões geradas na produção de alimentos. “Essas emissões variam de produto para produto, mas, nesse cenário, a criação de gado bovino apresenta dados alarmantes e, segundo alguns autores, é responsável por quase 20% das emissões mundiais de gases de efeito estufa”, afirma Danilo Rolim Dias de Aguiar, professor do departamento de economia da UFSCar.

(Nota publicada na Edição 1069 da Revista Dinheiro)


Mais posts

O calor joga contra a cerveja

O aquecimento global é uma ameaça para a produção global de cerveja, um mercado que movimentou US$ 281 bilhões em 2017. De acordo com [...]

Mudança de hábito

A pesquisa Indicador de Consumo Consciente (ICC), coordenada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que 31% dos [...]

O museu do exílio

O terreno da estação de trem Anhalter Bahnhof, em Berlim, deve receber um museu dedicado às pessoas que fugiram do nazismo. Em 1942, [...]

Papel social

A Netshoes investiu em práticas sustentáveis para reduzir seu impacto energético e ambiental. Uma das apostas da empresa foi a mudança na forma como os produtos chegam às casas dos clientes. Neste ano, 80% dos pedidos foram entregues em embalagens oxibiodegradáveis – os outros 20%, em papelão reciclável. Além disso, a Netshoes também destinou 513 […]

Projeto ganha destaque na ONU

Em 26 de setembro, o Novo Ciclo, um projeto social com foco em cooperativas de reciclagem, foi destaque em um evento da Organização das [...]
Ver mais
X

Copyright © 2018 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.