Economia

Diálogo sobre Brexit foi construtivo, mas sem grande progresso, diz UE

Principal negociador da União Europeia sobre a saída do Reino Unido do bloco, o chamado Brexit, Michel Barnier afirmou nesta quinta-feira que, apesar do “espírito construtivo” mostrado nas negociações desta semana em Bruxelas, “nós ainda não demos nenhum passo adiante”. Com isso, Barnier sustentou que não poderá dizer aos líderes da UE que se reúnem na próxima semana que há “progresso suficiente” no diálogo para ampliar as conversas para o futuro das relações comerciais entre a UE e o país.

Os líderes da UE se reúnem nos dias 19 e 20 em Bruxelas e havia a expectativa de que pudessem ampliar o escopo do diálogo. A UE, porém, diz que isso ocorrerá apenas quando houver avanços num acordo financeiro, em outro sobre os direitos dos cidadãos afetados pelo Brexit e também uma solução para o status da fronteira entre a Irlanda do Norte e a Irlanda.

O principal negociador do Reino Unido, David Davis, pediu aos líderes da UE que “deem um passo adiante” e também conversem sobre as relações futuras entre o país e o bloco. Davis argumentou que o estabelecimento dos termos da separação “depende das discussões sobre nossa relação futura”. A UE, porém, tem insistido que não pode haver diálogo sobre comércio e outros assuntos antes de acertar os termos da separação, inclusive o montante que Londres precisará para pagar.

Barnier disse que as conversas estão em um impasse, inclusive sobre a questão financeira. Já Davis afirmou esperar que os países vejam os progressos feitos. Segundo Davis, o Reino Unido gastará o que for necessário para se preparar para o Brexit. Ele disse que os gastos para isso neste ano pode superar 250 milhões de libras, se preciso.



Barnier, por sua vez, avaliou que poderia haver “progresso decisivo” dentro de dois meses nas conversas. De acordo com a autoridade europeia, o fracasso nas conversas seria “um acordo muito ruim”. Fonte: Associated Press.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Tópicos

Brexit Reino Unido UE